Banco de Dados

O Banco de Dados sobre Homicídios é desenvolvido pelo GAJOP desde o ano de 1991 e tem como fonte os jornais de circulação diária no Estado de Pernambuco. O BDH possui os seguintes módulos: dados gerais da ocorrência, dados sobre os acusados, dados sobre as vítimas. Tem o objetivo de subsidiar os grupos da sociedade civil nas suas ações específicas, e o próprio Sistema de Segurança e Justiça, em torno de uma política pública de justiça para que leve em consideração o controle da criminalidade.

Aqui, o GAJOP disponibiliza o quantitativo geral de ocorrências, desde o ano de 1997. Na primeira coluna, é visualizado o quantitativo acumulado de homicídios registrados em Pernambuco, com base na fonte mencionada, no ano em curso, enquanto que na segunda coluna é visualizado o quantitativo acumulado de homicídios desde o ano de 1997 até o ano em curso.



Ano Total de Homicídios
2015 3.884
2014 3.433
2013 3.101
2012 3.320
2011 3.507
2010 3.509
2009 4.018
2008 4.528
2007 4.591

ABELARDO DA(S) HORA(S)... INESQUECÍVEIS!

Rua do Sossego, 307! Era assim que eu reconhecia a casa do nosso vizinho de rua... Sorridente, por vezes a porta de sua casa, conversava com todo mundo. Sempre munido de uma boina branca e uma camisa de linho bem posta. Mas, apesar da coincidência de endereços, foi o trabalho e a crença em um ideal de justiça que proporcionou, por várias vezes, o nosso encontro.

POR OUTRO MODELO DE ATENÇÃO À INFÂNCIA

Joel Birman (2012) faz uma acurada reflexão sobre as modalidades do mal estar e sua incidência na subjetividade atual, em seu livro intitulado “O sujeito na contemporaneidade”. Para Birman, há uma compulsão na atualidade pelo uso de psicotrópicos, que se modela e dissemina em nossos dias de forma banal. Com a popularização do uso de diversos psicotrópicos, compreende-se que há um remédio para qualquer mal estar. Com efeito, há uma modificação nos laços sociais, intermediado pelo imperativo farmacológico, a cada manifestação de comportamentos singulares.

AÇOITES

Em “12 anos de escravidão”, filme que traz para a tela do cinema a história do violinista Solomon Northup (homem negro, que teve sua vida interditada e brutalmente modificada após ser traficado), a temática da tortura, no formato de escravidão, cometida contra negros é abordada de maneira singularmente realista, o que gera aos telespectadores a possibilidade de refletir sobre essa forma de violência, ainda tão presente nos dias atuais.

» Veja mais opiniões






» Veja mais publicações
Rua do Sossego, 432, Boa Vista, Recife - CEP 50050-080 - Fone: (81) 3092-5252   Fax: (81) 3223-0081

© 2009 GAJOP - Gabinete de Assessoria Jurídica às Organizações Populares - Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Ideias Bordô